Desabilitar carregamento

Amazonas e Tocantins têm altos índices de resíduos de agrotóxicos

Notícias 10 de março de 2016

Pesquisa aponta que Amazonas consome 14% mais agrotóxicos que a média nacional. Venda no Brasil chegou a 8,5 bilhões

MANAUS – Agrotóxicos são uma série de produtos químicos usados para evitar o crescimento de pragas e más práticas de cultura ​​na agricultura. No Brasil, entretanto, os produtos consumidos apresentam grandes índices destas substências. A pesquisa realizada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária aponta que quase 1/4 dos alimentos apresentaram resíduos de agrotóxicos ou utilização de produtos proibidos no País.

Dados apresentados pelo Programa de Avaliação de Resíduos Agrotóxicos (PARA) durante a instalação do Fórum de Combate aos Impactos dos Agrotóxicos mostrou que o Amazonas, Ceará e Tocantins sãos os Estados que mais apresentaram contaminação nos alimentos acima do permitido. De acordo com a pesquisa, 34% das amostras apresentaram alguma insatisfação e não poderiam ser vendidos. O consumo de agrotóxicos no País passou de US$ 2 bilhões para US$ 8,5 bilhões entre 2001 e 2011.

Câmara dos Deputados aprovou nesta semana uma lei que autoriza as empresas não usarem qualquer informação visível para distinguir produtos que utilizem em sua composição grãos geneticamente modificados dos que não tem. Pode parecer que não há ligação, mas sementes geneticamente modificadas muitas vezes apresentam plantas mais resistentes ao uso de agrotóxicos.

Pelo menos é isso que diz o documento publicado pelo Instituto Nacional do Câncer (INCA). “É importante destacar que a liberação do uso de sementes transgênicas no Brasil foi uma das responsáveis por colocar o país no primeiro lugar do ranking de consumo de agrotóxicos, uma vez que o cultivo dessas sementes geneticamente modificadas exigem o uso de grandes quantidades destes produtos”.

O documento também salienta que os agrotóxicos estão presentes não só nos alimentos naturais, mas também os processados como em biscoitos, salgadinhos, pães, cereais matinais, lasanhas, pizzas e outros que têm como ingredientes o trigo, o milho e a soja, por exemplo. Também podem estar presentes nas carnes e leites de animais que se alimentam de ração com traços de agrotóxicos, devido ao processo de bioacumulação.

Sobre Transgênicos

Projeto de Lei 4148/08, do deputado Luis Carlos Heinze (PP-RS), que acaba com a exigência do símbolo da transgenia nos rótulos dos produtos com organismos geneticamente modificados foi aprovado na terça (28). Foram 320 votos a favor e 135 contra, pouco de 70% do plenário a favor.

Dos 73 parlamentares votados que fazem parte dos Estados que compõe a Amazônia, 53 votaram a favor do Projeto de Lei, aproximadamente 72% da bancada da região. Na página da Câmara dos Deputado é possível ver quais deputados votaram a favor e contra o projeto divididos por Estado e por partido.

Disponível em: http://portalamazonia.com/noticias-detalhe/meio-ambiente/amazonas-e-tocantins-tem-altos-indices-de-residuos-de-agrotoxicos/?cHash=53e1e79d876de0adc8d06cf8b69e49eb